quinta-feira, 26 de maio de 2011

Formação Continuada de professores da 5ª à 8ª série e professores do Ensino Médio










Aconteceu dia 25/05, manhã e tarde e dia 26/05/11 pela manhã, a 1ª formação continuada para professores de 5ª a 8ª série e Ensino Médio de 2011 oferecida pela SEE, com formadores da ABAPURU.

terça-feira, 24 de maio de 2011

Sala de Leitura






A professora e alunos do 3º ano 1 fazendo uso da sala de leitura da Escola.

Visita dos missionários Maristas ao Instituto São José








Dia 23/05/11, os missionários Maristas visitaram o Instituto São José e ministraram palestras sobre valores e a presença na vida da família dos alunos.

Formação Continuada






Realizou-se 21/05/2011 no Instituto São José, momento de estudo e reflexão da prática pedagógica com os professores do 1º ano à 8ª série. Neste, foi apresentado o resultado do SEAPE e também foram discutidas as possíveis intervenções para melhorar os índices de proficiência da Escola.
Neste encontro de professores tivemos a honrosa visita da Irmã Valerie, dos Estados Unidos e Irmã Lory Inês Rockenbace que a acompanhava como tradutora.

terça-feira, 17 de maio de 2011

Estudo dos descritores





Realizou-se hoje, 17/05/11, estudo dos Descritores das Matrizes de Referência do 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental. Com a particpação das professoras dos 3ºs anos, 4º ano e 4ª série e, as formadoras Arlete e Auxiliadora. O estudo tem a finalidade de auxiliar as professoras na eleaboração de itens, tendo como base o que é pedido como habilidade à ser desenvolvida pelos educandos.

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Entrega dos boletins - 1º bimestre

Senhores pais ou responsáveis,

Convidamos para uma reunião na qual será entregue o boletim com o resultado do 1º bimestre. Sua presença é de suma importância para obtermos resultados cada vez melhores.

Turno da manhã:

* 16/05/11 - segunda-feira 5ªs séries
* 17/05/11 - terça-feira 4ªs séries
* 18/05/11 - quarta-feira 6ªs séries
* 19/05/11 - quinta-feira 7ªs séries
* 20/05/11 - sexta-feira 8ªs séries

Os boletins serão entregues nas salas de aulas, às 11 horas e 30 min.

Turno da tarde:

* 19/05/11 - quinta-feira 3ºs anos
* 20/05/11 - sexta-feira 4º ano e 4ª série "3"

Os boletins serão entregues nas salas de aulas, às 17 horas e 30 min.

Obs: os alunos dos 2ºs anos não receberão boletim, somente no final de junho.

Antecipadamente, agradecemos sua presença
Equipe Gestora do Instituto São José

Dia de Nossa Senhora de Fátima


A Senhora marcou um encontro com essas crianças para o dia 13 de todo mês, para realizar as suas aparições em um campo de nome Cova da Iria. Lúcia, a mais velha, pediu , mas os mais novos não conseguiram guardá-lo. Contaram a outras pessoas o fato extraordinário e no dia 13 de junho os pastorinhos já não estavam sozinhos. Em 13 de julho, por ocasião da terceira aparição, Nossa Senhora prometeu um milagre para que o povo acreditasse nas três crianças. Mas a 13 de agosto, os três videntes, fechados no cárcere, não puderam ir à Cova da Iria.

Em 13 de outubro, uma multidão de 70 mil pessoas lotavam o local das aparições e testemunharam o mover-se entre chamas multicores, como se fosse se destacar do firmamento. E deixou sua ao mundo: “Rezem o terço todos os dias; rezem muito e façam sacrifícios pelos pobres pecadores; são muitos os que vão para o inferno por não haver quem se preocupe em rezar e fazer sacrifícios por eles. A guerra logo vai acabar, mas se não pararem de ofender ao Senhor, não passará muito para vir outra pior. Abandonem o pecado de suas próprias vidas e procurem eliminá-lo da vida dos outros, colaborando com a Redenção do Salvador”. Em 1946 a estátua de Nossa Senhora de Fátima foi coroada diante de uma multidão de 800.000 pessoas. A 13 de maio de 1967, por ocasião do cinqüentenário das aparições, o papa Paulo VI foi a Fátima onde se encontrou com a vidente Lúcia.

13 de maio - Abolição da escravidão no Brasil


Introdução

Na época em que os portugueses começaram a colonização do Brasil, não existia mão-de-obra para a realização de trabalhos manuais. Diante disso, eles procuraram usar o trabalho dos índios nas lavouras; entretanto, esta escravidão não pôde ser levada adiante, pois os religiosos se colocaram em defesa dos índios condenando sua escravidão. Assim, os portugueses passaram a fazer o mesmo que os demais europeus daquela época. Eles foram à busca de negros na África para submetê-los ao trabalho escravo em sua colônia. Deu-se, assim, a entrada dos escravos no Brasil.

Processo de abolição da escravatura no Brasil

Os negros, trazidos do continente Africano, eram transportados dentro dos porões dos navios negreiros. Devido as péssimas condições deste meio de transporte, muitos deles morriam durante a viagem. Após o desembarque eles eram comprados por fazendeiros e senhores de engenho, que os tratavam de forma cruel e desumana.

Apesar desta prática ser considerada “normal” do ponto de vista da maioria, havia aqueles que eram contra este tipo de abuso. Estes eram os abolicionistas (grupo formado por literatos, religiosos, políticos e pessoas do povo); contudo, esta prática permaneceu por quase 300 anos. O principal fator que manteve a escravidão por um longo período foi o econômico. A economia do país contava somente com o trabalho escravo para realizar as tarefas da roça e outras tão pesados quanto estas. As providências para a libertação dos escravos deveriam ser tomadas lentamente.

A partir de 1870, a região Sul do Brasil passou a empregar assalariados brasileiros e imigrantes estrangeiros; no Norte, as usinas substituíram os primitivos engenhos, fato que permitiu a utilização de um número menor de escravos. Já nas principais cidades, era grande o desejo do surgimento de indústrias.Visando não causar prejuízo aos proprietários, o governo, pressionado pela Inglaterra, foi alcançando seus objetivos aos poucos. O primeiro passo foi dado em 1850, com a extinção do tráfico negreiro. Vinte anos mais tarde, foi declarada a Lei do Ventre-Livre (de 28 de setembro de 1871). Esta lei tornava livre os filhos de escravos que nascessem a partir de sua promulgação.

Em 1885, foi aprovada a lei Saraiva-Cotegipe ou dos Sexagenários que beneficiava os negros de mais de 65 anos.Foi em 13 de maio de 1888, através da Lei Áurea, que liberdade total finalmente foi alcançada pelos negros no Brasil. Esta lei, assinada pela Princesa Isabel, abolia de vez a escravidão no Brasil.

sábado, 7 de maio de 2011

Homenagem às MÃES




























































A Escola Instituto São José realizou hoje, 07/05/2011, um evento em homenagem as mães, com apresentações feitas pelas professoras e alunos da escola, contamos também com a apresentação do coral de responsabilidade do Sr. Kennedy Menezes.